"É PROVÁVEL QUE EM QUALQUER LUGAR A QUALQUER HORA, ALGO DE IMPROVÁVEL ACONTEÇA" Aristóteles

5 - Anatomia e Fisiologia do Corpo Humano

Nesta formação iremos abordar em alguns momentos, determinadas partes do corpo humano, pelo que se torna necessário fazer um breve resumo da constituição de diversas partes do corpo humano. Não é possível abranger neste curso todas as partes do corpo humano nem trata-las de forma intensa, por isso vamos abordar apenas aquelas que são mais importantes nos primeiros socorros.


5.1 – CONCEITO DE ANATOMIA E FISIOLOGIA


Para se perceber melhor este tema é importante separar os dois conceitos e entender as suas definições.


ANATOMIA

Área da medicina que se dedica ao estudo da forma e relacionamento dos diversos componentes do corpo humano


FISIOLOGIA

Área da medicina que se dedica ao estudo do funcionamento dos diversos componentes do corpo humano



5.2 – DEFINIÇÕES


Para um melhor entendimento do corpo humano, existem algumas definições que são importantes conhecer, para melhor entender como tudo funciona, no corpo humano.


CÉLULA

Unidade morfológica do corpo humano. A parte mais pequena do corpo humano em que este pode ser dividido em milhões de células até as separar individualmente umas das outras


TECIDO

Conjunto de células com uma mesma função - ex.: Ósseo, nervoso, muscular, etc.


ÓRGÃO

Conjunto de tecidos com uma função comum - ex.: Coração, cérebro, pulmão, etc.


SISTEMA

Conjunto de órgãos relacionados entre si - ex.: Nervoso, circulatório, etc.



5.3 – PLANOS ANATÓMICOS


Para que se uniformize o corpo humano, precisa-se de definir a orientação do corpo humano em relação ao espaço e dos diversos elementos do corpo humano entre eles.


Um dos exemplos mais fáceis de entender para justificar esta necessidade é o de que quando queremos referir ao lado direito de uma vítima, todos os intervenientes têm que saber exactamente qual é o lado direito e não ficar na dúvida se o orador se refere ao lado direito da vítima ou ao seu lado direito olhando para a vítima.


Este exemplo que parece ser básico dá a ideia da necessidade desta uniformização, para que não surjam qualquer tipo de confusões ou duvidas e seja mais fácil a identificação dos diversos componentes e se crie uma facilidade e correcção de linguagem.

Neste sentido, temos então:


POSIÇÃO ANATÓMICA



A posição anatómica do corpo humano é a posição idêntica à figura, ou seja o corpo humano virado para a frente, braços e pernas esticados e com as palmas das mãos viradas para a frente.


É a partir desta posição que iremos definir todas as orientações para os restantes planos anatómicos.


PLANO SAGITAL


O plano sagital, conforme se verifica na figura, divide o corpo humano em dois lados, o lado direito e o lado esquerdo.


PLANO HORIZONTAL


O plano horizontal divide o corpo humano em lado superior e lado inferior.


PLANO FRONTAL


O plano frontal divide o corpo humano em lado posterior e lado anterior.


É importante não esquecer que estes planos servem não só para identificarmos o corpo humano em relação ao espaço, mas também dos diferentes componentes uns em relação aos outros.


Ex: O coração está do lado esquerdo do pulmão direito e é superior ao estômago e posterior às costelas.



5.4 – DIVISÃO DO CORPO HUMANO


Continuando apenas em noções básicas, podemos dividir genericamente o corpo humano em:



5.5 – SISTEMA ESQUELÉTICO

  • Funções


o Proteger os Órgãos Vitais

o Produzir células sanguíneas (glóbulos vermelhos e brancos)

o Servir de suporte a diversos órgãos

o Permitir os movimentos

  • Principais Divisões

  • Crânio e Face


  • Coluna Vertebral


As vértebras denominam-se por números e contam-se de cima para baixo e com a inicial da região onde se encontram, da seguinte forma: Cervicais – C1 a C7, Torácicas – T1 a T12, Lombares – L1 a L5.


As vértebras da região do sacro e do cóccix estão já fundidas (unidas) entre si.


  • Tórax


As Costelas Verdadeiras (7 pares) denominam-se dessa forma porque se ligam directamente ao esterno por uma cartilagem individual para cada. As Costelas Falsas (3 pares) por sua vez, unem-se ao esterno apenas por uma cartilagem para todas e as Costelas Flutuantes denominam-se assim porque não se unem ao esterno.

  • Cintura Pélvica ou Bacia

  • Membros Superiores


  • Membros Inferiores


5.6 – SISTEMA CARDIOVASCULAR


O sistema cardiovascular tem como principal função fazer circular o sangue pelo corpo humano, e é composto na sua generalidade por:



Coração







Artérias
Levam o sangue do coração


Veias
Trazem o sangue para o coração







Capilares
Vasos mais pequenos do corpo









Sangue

Constituído por glóbulos vermelhos e brancos

e por plaquetas (parte sólida do sangue)







A circulação é ainda caracterizada por duas circulações distintas denominadas por Pequena Circulação ou Pulmonar e por Grande Circulação ou Sistémica.

  • Pequena Circulação (Pulmonar)


A pequena circulação ou circulação pulmonar, tal como o nome indica refere-se a circulação que leva o sangue do coração para os pulmões e dos pulmões para o coração.

  • Grande Circulação (Sistémica)

A grande circulação ou circulação sistémica leva o sangue do coração para o resto do corpo e trás de volta o sangue ao coração.


Considerando as duas circulações, podemos então entender que o sistema de “bomba” realiazado pelo coração, faz com que o sangue passe duas vezes por ele e seja por isso bombeado duas vezes. A primeira quando vai do coração para os pulmões, depois quando regressa e é novamente bombeado para seguir para o resto do corpo.



5.7 – SISTEMA RESPIRATÓRIO


Como se sabe o sistema respiratório é o responsável pelas trocas gasosas entre o indivíduo e o meio ambiente. O oxigénio é fundamental para a sobrevivência das células e o consumo de oxigénio liberta dióxido de carbono que necessita de ser libertado para o meio ambiente.


O sistema respiratório é constituído na generalidade por:


5.8 – PELE


FUNÇÕES

  • PROTECÇÃO dos tecidos e dos órgãos
  • REGULAÇÃO da temperatura corporal
  • EXCREÇÃO eliminando o suor através dos poros
  • SENSITIVA captando sinais de frio, calor e dor



COMPOSIÇÃO

A epiderme é constituída por várias camadas de células, sendo a externa formada por células mortas em constante renovação – camada córnea – particularmente mais espessa nas áreas de atrito e desgaste como a palma da mão e a planta dos pés.


A derme é constituída por tecido fibroso e elástico que suporta e alimenta a epiderme e os seus apêndices, contribuindo para a regulação da temperatura do corpo. Sob a derme, há uma camada de tecido adiposo subcutâneo, que lhe dá elasticidade e flexibilidade. Na derme encontram-se as glândulas sudoriperas e sebáceas, folículos pilosos, vasos sanguíneos e as terminações nervosas e sensitivas.


3 comentários: